Implantação Adsense
Clever
JADE
SeedTag
Vidoomy
Google Analytics – Universal
Google Analytics – GA4
TAG Google
 

GOBBI É CONTRA MUDANÇA NO ESTATUTO DO TIMÃO PARA BENEFICIAR PRESIDENTE

Por | 15 de janeiro de 2013
Photobucket
Mário Gobbi exibe bandeira do Timão em sua sala
Crédito da imagem: Marcos Ribolli / Globoesporte.com
Há um movimento entre conselheiros do Corinthians para mudar a ‘quarentena’ da reeleição do último presidente de dois para um mandato. Assim, aquele que deixasse o cargo teria de esperar só mais três anos para se candidatar novamente. E não seis, como está previsto no estatuto. Atual mandatário, Mário Gobbi é contra.
Um dos mentores da reforma do estatuto corintiano, Gobbi afirma que foi ele um dos responsáveis pela emenda que prevê a ‘quarentena’ de seis anos. Portanto, ele não vê coerência em mudar de opinião agora que é presidente eleito. O mandato de Gobbi no Corinthians vai até o final de 2014.
– Não posso ser contra agora a desdizer o que disse alguns anos atrás. A emenda da ?quarentena? por dois mandatos foi de minha autoria. Não seria coerente eu mudar de ideia agora. Continuo com a minha posição anterior – declarou Gobbi, durante lançamento do ‘Movimento por um Futebol melhor’, na segunda-feira.

Especula-se internamente no Parque São Jorge que a ação desses conselheiros que gostariam de mudar o estatuto tem como intuito o retorno de Andrés Sanches. Fora da CBF desde o final de novembro, o ex-mandatário está à frente das compras do futuro estádio do Corinthians. E só poderia voltar a concorrer em 2018.
– Quem decide isso é o Conselho Deliberativo e a Assembléia Geral do clube. Eu mantenho a minha posição de antes – acrescentou Mário Gobbi.
O atual presidente iniciou em 2013 seu segundo ano de mandato. No primeiro, sucesso total. O Timão foi campeão da Libertadores e do Mundial de Clubes.